Pesquisar

Mostrando postagens com marcador Office 2013. Mostrar todas as postagens

Gerar texto automaticamente no Microsoft Word


Se você estiver precisando gerar um texto automaticamente no Microsoft Word, afim de efetuar testes de formatação ou impressão, é só abrir o MS Word e digitar as instruções abaixo e em seguida pressionar {Enter}


=rand(x, y)
  • X= Quantidade de parágrafos do texto,
  • Y= Quantidade de frases por parágrafo.

Exemplo
=rand(2,4)

Assim será criado um texto com 2 parágrafos e 4 frases em cada parágrafo:


Veja outros exemplos

Se digitar
=rand()

Resultado:




Se digitar
=rand.old()


Resultado:





Se digitar
=lorem()


Resultado

"Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Maecenas porttitor congue massa. Fusce posuere, magna sed pulvinar ultricies, purus lectus malesuada libero, sit amet commodo magna eros quis urna.

Nunc viverra imperdiet enim. Fusce est. Vivamus a tellus.
Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas. Proin pharetra nonummy pede. Mauris et orci."

Observações
Esse recursos s´s funcionam se a função Substituir texto ao digitar estiver desativado
Nenhum comentário:

Erro no Excel ao tentar abrir o arquivo

Caso você tente abrir algum arquivo do Microsoft Word 2013 e receba a mensagem abaixo, vide a solução:

"Erro no Word ao tentar abrir o arquivo.
Tente estas sugestões.
*Verificar as permissões de arquivos do documento ou da unidade.
* Verificar se há memória livre e espaço em disco suficientes.
* Abra o arquivo com o conversor de recuperação de texto"

Solução
1. Abrir o Word e clicar em "Arquivos" e em seguida "Opções";

2. Clicar na opção "Centrar de Confiabilidade" e em "Configurações de Central de Confiabilidade...";

3. Clicar em "Modo de Exibição Protegido" e desmarcar as 3 opções segundo o modelo da imagem abaixo:

Vulnerabilidade no Excel, permite que as senhas dos usuários sejam visualizadas em texto simples

Falha nas versões Excel 2007, 2010 e 2013 permite que as senhas dos usuários sejam visualizadas em texto simples.

Verificamos que ao compartilharmos um determinado arquivo do Excel na rede, o Excel armazena as preferências de impressão e senhas em modo de texto simples.

Descrição do problema

O cliente “X”, que tem o serviços de impressão segura configurada em sua máquina, cria um determinado arquivo do MS Excel e compartilha na rede com outros clientes.

Um determinado cliente “Y” abre o arquivo, compartilhado pelo cliente “X”, e faz uma impressão, ao chegar na impressora para liberar a impressão, não encontra seu arquivo e verifica que existe uma mesma impressão na chave do cliente “X”.


Análise do problemas

Ao analisarmos o problema, descobrimos que as preferências de impressão estavam sendo salvas no próprio arquivo do Excel, e com isso, as informações de impressão relacionadas aos campos: chave e senha, eram enviadas para a impressora. O problema está ocorrendo com a maioria das impressoras de rede e local. A maioria da impressão estão utilizando driver genéricos (um driver que “funciona” em mais de um modelo de impressora) e muitas vezes, desatualizados.


Incidente de Segurança da informação

Durante os testes, evidenciamos incidente de segurança da informação no modelo “Impressão Segura”. O Usuário e senha do cliente, utilizadas no serviço de “Impressão Segura”, são facilmente descobertas por qualquer um que tenha acesso ao arquivo compartilhado.

Descompactamos um determinado o arquivo (teste1.xlsx) que estávamos utilizando nos testes, descobrimos que a chave e a senha que foram configuradas na impressora no modo “Impressão Segura”, estavam armazenadas no arquivo “xl\printerSettings\printerSettings1.bin”. Esse arquivo pode ser lido facilmente por qualquer editor de texto (Bloco de Notas, WordPad...), é possível visualizar claramente a chave e a senha do cliente.

Na imagem abaixo, é possível visualizar claramente essas informações:

Solução
Até o momento, a Microsoft não disponibilizou uma solução para esse problema. Uma possível solução de contorno é criar uma chave DWORD com nome "QFE_Sitka", no caminho "HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Office\14.0\Excel\Options", com o valor "1"

Vide a chave abaixo:

Windows Registry Editor Version 5.00

[HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Office\14.0\Excel\Options]
"QFE_Sitka"=dword:00000001


Observação:
Se for Excel 2010 o caminho é: HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Office\14.0\Excel\Options
Se for Excel 2013 o caminho é: HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Office\15.0\Excel\Options



Vide outras soluções de contorno disponibilizado pela MS
Nenhum comentário:

10 Dicas para você mudar suavemente do Microsoft Office para o LibreOffice

O LibreOffice é um software grátis de código aberto, utilizado diariamente por uma grande comunidade de dezenas de milhões de usuários ao redor do mundo.
O LibreOffice é aberto a novas ideias, qualquer pessoa pode participar do projeto LibereOffice. Você pode: testar, escrever artigos, escrever documentação, desenhar ícones, ajudar colegas...


Migração do Microsoft Office para LibreOffice de forma totalmente suave. Essas dicas vão lhe ajudar a resolver alguns dos principais problemas na migração.

  • O Dia Chegou
Chegou o dia em que os diretores de sua empresa propõem grandes reduções de custos e decidem adotar o software livre em toda empresa. Como pontapé inicial, você começa essa jornada de redução de custo realizando a migração de todo o pacote Microsoft Office.
Quando isso acontecer, a primeira coisa que você vai fazer é procurar soluções alternativas para atender as expectativas da sua organização. E uma dessas soluções é a suíte LibreOffice.

  • O LibreOffice é "O Salvador Da Pátria"
É preciso tomar alguns cuidados antes da implantação do LibreOffice. Apesar de fornecer, à primeira vista, tudo que você precisa para atender as necessidades de sua organização, há algumas questões que você terá que avaliar na migração do Microsoft Office para o LibreOffice.

  • O Primeiro Empecilho
Você já deve ter adivinhado logo no primeiro parágrafo desse texto, certo? É ele mesmo, ou melhor dizendo, são eles: os usuários. Os usuários finais temem e odeiam qualquer mudança. Ninguém quer ter trabalho de aprender uma nova tecnologia ou um novo programa. As resistências são sempre as mesmas, o “medo” e o trabalho de ter que aprender algo novo. Esse é um dos grandes empecilhos na hora da migração ou de qualquer mudança.

  • Tempo de inatividade
Outro grande problema na mudança é o tempo de inatividade de um determinado recurso. Isso pode causar grandes impactos financeiros na sua empresa. Esses foram apenas alguns dos pontos de impacto gerados em uma migração do Microsoft Office para o LibreOffice. Depois de ter lido esse texto, você provavelmente dever ter levantando outros problemas que gerariam grandes impactos na sua migração e deve estar se perguntando, “Sim, e  qual a melhor maneira de realizar essas mudanças sem que sejam gerados muito transtornos e prejuízos para minha empresa?”

É ai que nós, do DicasQueFunfa, entramos com 10 dicas que vão ajudá-lo e motivá-lo no processo de migração do Microsoft Office para o LibreOffice

10 Dicas para você migrar do Microsoft Office para o LibreOffice

1 – Instalação lado a lado - LibreOffice ao lado do Microsoft Office

Já que não há nenhum custo associado ao LibreOffice, você pode baixá-lo e instalá-lo juntamente com Microsoft Office. Com isso, você vai ter mais tempo para os usuários e os técnicos se acostumarem com as novas ferramentas. Dessa forma você realizará a migração muito mais facilmente.

2 – Salve os arquivos nos formatos do Microsoft Office

Mesmo se toda a sua empresa já estiver com a instalação do LibreOffice ao lado do Microsoft Office, continue salvando seus arquivos no formado do Microsoft Office. O Microsoft Office não reconhece muito bem arquivos de formatos estrangeiros, sem contar que sua empresa provavelmente terá que enviar documentos para outras empresas/pessoas que possam estar usando o Microsoft Office. Portanto, é extremamente recomendado que você ensine seus usuários a salvarem os arquivos no formato do Microsoft Office. O LibreOffice pode salvar documentos como doc, docx, rtf, e muitos outros formatos.

3 - FAQ de Perguntas e Respostas Mais Frequentes
No início seus usuários terão muitas duvidas. Então, se antecipe! Não espere que eles perguntem, responda a essas questões por conta própria e deixe uma FAQ acessível para eles consultarem a qualquer momento. Dessas forma, seus usuários terão maior confiança e credibilidade; eles vão ter uma visão de que sempre poderão contar com seu apoio para qualquer problema.

4 - Documentação do LibreOffice

Há uma grande quantidade de documentação para LibreOffice na internet. O documento de introdução já é um excelente material; você pode até mesmo imprimir esse PDF e entregá-lo aos usuários.  Mostre também as páginas de suporte e as comunidades onde eles podem encontrar muita ajuda para assuntos específicos e avançados.

5 - Apresente a seus usuários o Gerenciador de Extensão

Você pode incrementar funcionalidades do LibreOffice mais ainda com as extensões disponíveis no site oficial do LibreOffice. São softwares que se instalam no LibreOffice padrão e incrementam as funcionalidades da suíte de escritório, seja numa de suas aplicações (Writer, Calc, Impres, etc...) ou para todas as aplicações.

6 – Recomende aos usuários usarem uma interface baseada em menus - Ribbon

Seus usuários já estão acostumado com a interface do Microsoft Office Ribbon, interface baseada em menus encontrados na maioria dos softwares ─ incluindo LibreOffice. Assim eles levarão menos tempo para se adaptarem ao LibreOffice. Isso vai facilitar muito seu processo de transição para o LibreOffice.

7 - Mostre aos usuários como personalizar barras de ferramentas

Barras de ferramentas são comumente ignoradas em um software. Fazer isso com o LibreOffice é um erro enorme. Os usuários podem fazer o seu dia muito mais eficiente personalizando as barras de ferramentas para atender suas necessidades. Tudo o que têm a fazer é clicar em Exibir | Barras de Ferramentas | Personalizar. Personalize ao seu gosto e desde já note como você terá uma melhora significativa em sua produtividade.

8 - Migrar todos os modelos a partir do Microsoft Office para LibreOffice

Se você tiver usuários avançados que trabalhem com modelos diariamente, você vai precisar migrar esses modelos para o LibreOffice. Pode ficar tranquilo; acredite ou não, isso é simples: Basta salvar o modelo do Microsoft Office em um local na sua máquina ou na rede, em seguida abri-lo no LibreOffice, e depois clique em Arquivo | Modelos | Salvar como modelo. Depois disso, os usuários poderão clicar em Arquivo | Novo | Modelos e selecionar o modelo que eles precisam da seção My Templates.

9 - Criar um tabela/documento que ilustra as diferenças entre as duas suítes
Uma das maneiras mais rápidas de aumentar a aceitação dos usuários ao LibreOffice é criar uma tabela de comparação/contraste ilustrando a diferença entre Microsoft Office e LibreOffice. Certifique-se de fazer a comparação/contraste com a versão atual do Microsoft Office que você tem instalado ─ caso contrário você poderá causar confusão desnecessária.

10 - Dê tempo aos usuários
Esse tipo de adaptação às vezes pode levar um certo tempo. Não espere que esta transição aconteça da noite pro dia. Dê a todos tempo suficiente para se adaptarem ao novo ambiente. Para alguns, isso será uma grande mudança ─ especialmente para aqueles que dependem de uma suíte de escritório para suas rotinas diárias. Mas com a instalação lado-a-lado, o suporte de toda equipe, a abundância de documentação com sessões de perguntas e respostas (FAQ), os usuários vão se adaptar bem mais fácilmente e em uma velocidade confortável para todos.


Nenhum comentário:

Como Proteger Documentos do Microsoft Word e MS Excel com Senha

Vide Como proteger seus documentos, pastas de trabalho e apresentações do PowerPoint com senhas.






Compartilhe no Facebook
Nenhum comentário:

Como Editar, Alterar ou Converter Arquivo PDF no Microsoft Word 2013

Muitas vezes precisamos editar ou converter algum arquivo no formato “.PDF” (Portable Document Format) e com isso, acabamos recorrendo a alguns programas que tenham essa finalidade. O problema é que esses programas costumam ter um valor um pouco elevado.

Se você já tiver o 
Microsoft Word 2013, vai ter uma economia significativa em casa ou na sua empresa. Com o MS Word 2013 você consegue Abrir, Editar e Converter texto em PDF facilmente e ainda pode aproveitar os recursos do MS Word 2013 para editar e formatar seu texto.

Para editar um arquivo em PDF no MS Word 2013 é bem simples, abra esse arquivo com o MS Word 2013 seguindo os passos abaixo:


  1. Clicar em Arquivo, Abrir;
  2. Escolher o local do PDF e clicar em Procurar;
  3. Encontre o PDF e clique em Abrir.
Faça as alterações e salve o arquivo no formato PDF; ou se preferir, converta para os seguintes formatos:


  • Documento do Word(*.docx)
  • Documento Habilitado para Macro do Word(*.docx)
  • Documento do Word 97-2003(*.doc)
  • Modelo Word(*.dotx)
  • Modelo Habilitado para Macro do Word(*.dotm)
  • Modelo do Word 97-2003(*.dot)
  • PDF(*.pdf)
  • Documento XPS (*.xps)
  • Página da Web de Arquivo Único(*.mht;*.mhtml)
  • Página da Web(*.htm;*.html)
  • Formato Rich(*.rtf)
  • Texto sem Formatação(*.txt)
  • Documento XML do Word(*.xml)
  • Documento XML do Word 2003(*.xml)
  • Documento Open XML Estrito(*.docx)
  • Texto OpenDocument(*.odt)


DicasQueFunfa

How to Activate Microsoft Office 2013

In most cases, if you’re connected to the Internet and installing Office without a DVD, activation will just happen silently in the background after the install is complete. No prompts. No fuss.


Unas of notorious thing you see when opening the new Microsoft Office is a new clean look
Microsoft Office 2013 is only compatible with Windows 7 and Windows 8. Microsoft Office 2013 is not compatible with Windows XP. In such cases you should choose to install the 2010 version
How to Activate Office 2013 programs
In case you need more information, here’s some based on the type of product you bought.

Office 365 Home Premium

Our subscription product—Office 365 Home Premium—just automatically activates for you. You can install it on up to five PCs or Macs per household. If you want to see what you’ve installed, in an Office program, click File >Account. From there you can even manage your account by clicking Manage your account.
If you’ve used all five and want to use Office on another computer, you can. But first you have to deactivate it on one of the first five computers. For more information, see Deactivate an Office 365 Home Premium install.

Office 2013, for a single PC

For a first install or a reinstall on the same PC, Office for one PC—Office Home and Student 2013, Office Home and Business 2013, and Office Professional 2013—automatically activates if you’re connected to the Internet (you won’t see the Activation Wizard during the installation). But if you aren’t connected to the Internet during install, you’ll see the Activation Wizard. It will give you options to either activate online or by telephone—choose the telephone option if you’re still not connected.
If significant hardware changes have occurred on your PC and you reinstall Office OR if you install Office on a different PC, you’ll see the Activation Wizard after the install and whenever you start any of the Office programs. Use the telephone option in the Activation Wizard to contact the activation center.
 IMPORTANT    Please remember that you can only have Office 2013 installed on one PC at a time. Telephone activation can only help you activate Office if you’re transferring Office to another PC.

Office 2013, volume license

For the enterprise or commercial product—what we call the MSI-based Setup—your administrator needs to set up what is necessary for you to activate the Office product. Please see Activate volume editions of Office in you want more information.

Frequently asked questions

  • Can I reinstall Office 2013 on the same PC?
Yes. If you reinstall Office 2013 on the same PC and you’re connected to the Internet, activation will happen silently. The Activation Wizard will appear if you’ve made significant changes to the hardware on the PC.
  • Can I reinstall Office 365 Home Premium on the same PC?
Yes.
  • Can I install Office 2013 on two different PCs?
No. The license is for one PC.
  • Can I install Office 365 Home Premium on two different PCs?
Yes. You can install on up to five PCs and Macs.
  • Can I transfer the Office 2013 software to another PC?
You may transfer the software to another PC that belongs to you, but not more than one time every 90 days (except due to hardware failure, in which case you may transfer sooner). If you transfer the software to another PC, this PC becomes the “licensed computer.” You must remove the software from the previous PC. You’ll need to use telephone option in the Activation Wizard to contact the activation center after you transfer the software to another PC.
  • Help, my PC died. What do I do?
After you set up your new PC, you can install Office 2013 on it and contact the activation center to transfer the software.
  • Can I transfer the Office 2013 software to another person?
You may transfer the software (together with the license) to a computer owned by someone else if:
  • You’re the first licensed user of the software.
  • The new user agrees to the terms of this agreement before the transfer.
Any time you transfer the software to a new PC, you must remove it from the previous PC and you can’t keep copies. The new user will have to choose the telephone option in the Activation Wizard.
  • How do I contact the activation center?
Choose the telephone option in the Activation Wizard to get the phone number to contact in your country. For more information, see How to contact a Microsoft Product Activation Center by telephone.


Nenhum comentário:

Marcadores

3G Modem Access Acesso Remoto ACT Active Directory ADOBE Adware Agendador de Tarefas Android Android Studio Antivírus App Apple AppXPackage Área de Trabalho Remota Atalhos de teclado AutoCAD BIOS Bitcoin Boa Dica Boot BSOD CentOS Certificação Cisco Citrix CLARO CMD CMS Codec Compatibilidade Concurso CorelDRAW CSS Curiosidade Curso Grátis Database Debian Desenvolvimento Dica Dicas Windows 8 Download Driver DUMP eBooks Excel Facebook Ferramentas Firefox Flash Flutter FTP Game Good tip Google Google Chrome Google Cloud HP HTML HTML5 Hype-V IBM Sametime Impressora Internet Internet Explorer iOS iPad iPhone ISO ITIL Java Kali Linux KB keyboard shortcuts Kindle Leitora Biométrica LibreOffice Linux Lotus Notes MAC (Media Access Control) MAC OS X Malwares MariaDB Microsoft Edge Microsoft Teams Modem Modem 3G Mozilla Firefox MSI MSTSC MySQL Notebook Notícias ODBC Office 2003 Office 2007 Office 2010 Office 2013 Office 2016 Outlook Papel de Parede PC PHP Plugin PowerPoint PowerShell Proxy Raspberry Pi RDP Redes Regedit Reset Roteador Ruby On Rails Scanner Segurança de TI Senha Smartphone Software Soluções SQL SERVER 2005 SSD Switch Tablet Thin Client Ubuntu Utilitários VBScript vCurso vDica video VMware Player WhatsApp Windows Windows 10 Windows 10 Education Windows 10 Enterprise Windows 10 Home Windows 10 IoT Windows 10 Pro Windows 7 Windows 7 Enterprise Windows 7 Home Basic Windows 7 Home Premium Windows 7 Starter Edition Windows 7 Ultimate Windows 8 Windows 8.1 Windows Phone Windows Preview Windows Server 2008 Windows Server 2012 Windows To Go Windows Update Windows Vista Windows XP Wireless WMI Word WordPress