Pesquisar

Mostrando postagens com marcador O Que é?. Mostrar todas as postagens

O que é CMOS?

O semicondutor complementar de óxido metálico, ou CMOS, refere-se a um chip de memória alimentado pela bateria no computador que armazena informações sobre a inicialização. O sistema BIOS do computador usa essas informações ao inicializar o computador.

As mensagens de erros relacionadas ao CMOS podem ser causadas por uma bateria descarregada ou defeituosa. A bateria poderá descarregar caso o computador fique desligado durante muito tempo.

Para resolver erros de CMOS, consulte as informações que acompanham o computador ou contate o fabricante. As configurações do CMOS são específicas para o hardware do seu computador.

No jargão dos computadores, é comum usar o termo "CMOS" para se referir a uma determinada área de memória, onde ficam guardadas informações sobre os periféricos instalados e a configuração inicial do computador, além do relógio e calendário. Como a memória e o relógio precisam ser preservados mesmo com o computador desligado, são alimentados por uma pequena bateria de lítio, e somente a tecnologia CMOS pode produzir dispositivos com um consumo baixo o suficiente para este propósito. A memória e relógio estão embutidos em um circuito integrado fabricado com tecnologia CMOS, levando ao uso equivocado do nome.



Fonte: Wikipédia, Microsoft
Um comentário:

O que é DNS?

Sistema de nomes de domínios (DNS)

DNS ( Domain Name System - Sistema de Nomes de Domínios ) é um sistema de gerenciamento de nomes hierárquico e distribuído visando resolver nomes de domínios em endereços de rede (IP).
O sistema de distribuição de nomes de domínio foi introduzido em 1984, e com ele, os nomes de hosts residentes em um banco de dados pode ser distribuído entre servidores múltiplos, diminuindo assim a carga em qualquer servidor que provê administração no sistema de nomeação de domínios. 

Os sites têm um endereço amigável, chamado de URL e um endereço IP. As pessoas usam URLs para localizar sites, mas os computadores usam endereços IP para localizar sites. O DNS converte URLs em endereços IP (e vice-versa). Por exemplo, se você digitar http://www.dicasquefunfa.com.br na barra de endereços no navegador da Web, o computador envia uma solicitação para um servidor DNS. O servidor DNS converte a URL em um endereço IP para que o computador possa localizar o servidor web do DicasQueFunfa.


 O que é a última parte de uma URL?


A última parte da URL é chamada de TLD (nome de domínio de nível superior). Os TLDs identificam tipos diferentes de sites. Estes são alguns TLDs comuns e a finalidade deles:
Domínio de nível superior
Significa
.com
Site comercial (negócios)
.net
site administrativo da Internet
.org
Organização sem fins lucrativos
.gov
órgão do governo dos EUA
.edu
Instituição educacional
Além dos TLDs listados acima, países ou regiões individuais têm seus próprios TLDs. Por exemplo, .ca é o TLD do Canadá.

 O que é atualização dinâmica de DNS?


Alguns computadores recebem um endereço IP diferente sempre que se conectam à Internet. Um ISP (provedor de serviços de Internet) pode usar alguns endereços IP para atender a vários clientes dessa forma, mas isso significa que o endereço do computador na Internet está sempre mudando. Se você hospeda um site, não deseja que o nome do site seja alterado, mesmo se o ISP alterar o endereço IP. A atualização dinâmica de DNS mantém automaticamente a relação entre o nome de site fixo e o endereço IP que fica mudando para que seja fácil localizar o site na Internet.

 Como procurar um nome DNS ou endereço IP?


Você deve estar conectado à Internet para procurar um nome DNS ou endereço IP.
  1. Clicar no botão "Iniciar" e escrever: "cmd"
  2. No prompt de comando, digite nslookup, um espaço e o endereço IP ou nome de domínio (por exemplo, nslookup dicasquefunfa.com.br), e pressione Enter.

 O que é cache DNS?


Quando você digita um endereço da Web no navegador da Web e pressiona Enter, está enviando uma consulta para um servidor DNS. Se a consulta for bem-sucedida, o site desejado abrirá; se não for, você verá uma mensagem de erro. Um registro das consultas bem-sucedidas e malsucedidas é armazenado em um repositório temporário no computador chamado cache DNS. O DNS sempre verifica o cache antes de consultar qualquer servidor DNS e, se for encontrado um registro que corresponda à consulta, o DNS usa esse registro em vez de consultar o servidor. Isso torna as consultas mais rápidas e diminui o tráfego da rede e da Internet.

Como vejo o conteúdo do cache DNS?


  1. Clicar no botão "Iniciar" e escrever: "cmd"
  2. No prompt de comando, digite ipconfig /displaydns.
    obs: Para executar esses comandos, você deve Executar como administrador o prompt de comandos

Como limpar o cache DNS?


A limpeza do cache DNS força o DNS a consultar um servidor DNS em vez de usar informações armazenadas no cache. Convém limpar o cache DNS ao fazer alterações a sites gerenciados por você ou se estiver recebendo erros repetidos quando você sabe que o endereço da Web que está digitando está correto.
  1. Clicar no botão "Iniciar" e escrever: "cmd"
  2. Na lista de resultados, clique com o botão direito do mouse em Prompt de Comando e clique em Executar como administrador
  3. No prompt de comando, digite ipconfig /flushdns




    Fonte: Wikipédia, Microsoft
Nenhum comentário:

Marcadores

3G Modem Access Acesso Remoto ACT Active Directory ADOBE Adware Agendador de Tarefas Android Android Studio Antivírus App Apple AppXPackage Área de Trabalho Remota Atalhos de teclado AutoCAD BIOS Bitcoin Boa Dica Boot BSOD CentOS Certificação Cisco Citrix CLARO CMD CMS Codec Compatibilidade Concurso CorelDRAW CSS Curiosidade Curso Grátis Database Debian Desenvolvimento Dica Dicas Windows 8 Download Driver DUMP eBooks Excel Facebook Ferramentas Firefox Flash Flutter FTP Game Good tip Google Google Chrome Google Cloud HP HTML HTML5 Hype-V IBM Sametime Impressora Internet Internet Explorer iOS iPad iPhone ISO ITIL Java Kali Linux KB keyboard shortcuts Kindle Leitora Biométrica LibreOffice Linux Lotus Notes MAC (Media Access Control) MAC OS X Malwares MariaDB Microsoft Edge Microsoft Teams Modem Modem 3G Mozilla Firefox MSI MSTSC MySQL Notebook Notícias ODBC Office 2003 Office 2007 Office 2010 Office 2013 Office 2016 Outlook Papel de Parede PC PHP Plugin PowerPoint PowerShell Proxy Raspberry Pi RDP Redes Regedit Reset Roteador Ruby On Rails Scanner Segurança de TI Senha Smartphone Software Soluções SQL SERVER 2005 SSD Switch Tablet Thin Client Ubuntu Utilitários VBScript vCurso vDica video VMware Player WhatsApp Windows Windows 10 Windows 10 Education Windows 10 Enterprise Windows 10 Home Windows 10 IoT Windows 10 Pro Windows 7 Windows 7 Enterprise Windows 7 Home Basic Windows 7 Home Premium Windows 7 Starter Edition Windows 7 Ultimate Windows 8 Windows 8.1 Windows Phone Windows Preview Windows Server 2008 Windows Server 2012 Windows To Go Windows Update Windows Vista Windows XP Wireless WMI Word WordPress